Técnicos de Pendrive Geração 2.0

Pendrive Final

Anuncio FAKE – Mas poderia ser REAL

As mesas digitais chegaram a mais de uma década no mercado do áudio, e um dos atrativos demonstrado por todos os seus fabricantes era a possibilidade de gravar cenas ou snapshots ( fotografias ) de sua mixagem , gerando a possibilidade de automatizar detalhes de sua mix , o que faria o seu show se tornar mais dinâmico , podendo o técnico ter mixagens diferentes a cada música ou momentos do show.
E o mais interessante se podia levar o show de uma console para outra por meio de um pendrive.
Na teoria era pra ser tudo lindo e maravilhoso. Porém nosso mercado entendeu TUDO errado.

Erro 1 – Não precisa MAIS passar som , pois a CENA esta gravada , e TUDO será sempre igual todos os dias.

Erro 2 – Já que está tudo gravado a técnica pode chegar em cima da hora , pois nem precisa de um soundcheck decente.

Como tudo que já esta ruim , não perde a chance de ficar ainda pior , surgiu o técnico FAKE , que tal e qual alguns Djs que existem por ai , posam profissionais mas o som que estamos ouvindo no PA não foi feito por ele , e sim por outro técnico que teve a sua cena COPIADA. Na qual ele faz pequenos ajustes para cada banda que ele opera. Pasmem existe um mercado de trocas de cenas de vários estilos.

Questionamentos:

Você acha que basear seu trabalho no esforço intelectual de outra pessoa é correto ?

Sua mixagem , seus conceitos e técnicas são sua criação intelectual , o uso dela por outra pessoa para outra banda irá funcionar ?

Deixe suas considerações nos comentários deste post.

Considerações Finais
Levando em consideração a criação de uma mix , ela leva o conhecimento adquirido pelo profissional ao longo de sua carreira, e ainda mais essa mix também leva em conta a banda para qual foi criada. E sem dúvida o trabalho pertence ao seu criador.
Muitos técnicos experientes abrem mão de recursos de mixagem mais elaborados principalmente pela falta de passagem de som e mesmo ensaios com o equipamento e fazem a mix do zero como nos tempos das mesas analógicas. Uma pena pois a criatividade brasileira aliada a tecnologia disponível iriamos ter shows tão incríveis quanto os que nossos artistas invejam dos shows gringos , mas para isso eles precisam rever como eles produzem o deles , e as condições que temos para replicar o resultado.

Esse artigo foi inspirado pelo texto do Blog HispasonicSonido en vivo Técnicos de PA con memoria: ¿fraude o evolución?” do autor Ibon Larruzea que fala dos mesmos problemas que ocorrem na Espanha, provando que temos os mesmos problemas por todo o mundo.
Informação útil pra evitar a Síndrome de Vira-lata que assombra os brasileiros.
Saiba mais sobre o assunto aqui no Brasil:
Pedido de cenas salvas de shows – Será que é o fundo do poço?  Post do blog Titio e os bastidores de um show.

Lazzaro Jesus

Share

Filed Under: Uncategorized

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Leave a Reply




If you want a picture to show with your comment, go get a Gravatar.

*