Eder Moura – Rock N Rio 2015 Diário da FOH

Mais uma vez fui convidado pelo Gigplace para escrever sobre o Rock in Rio com muita honra vou passar aqui o que foi o meu dia a dia na Front of House durante o festival.

Na verdade tudo começa bem antes da primeira banda subir ao palco mundo, o planejamento começa meses antes deocorrer. Já no começo deste ano eu e o Peter Racy já tinhamos feito o projeto de sonorização para o RIR deste ano, a principal mudança em relação aos anteriores foi em questão de gerenciamento de mesas e distribuição dos sinais sendo tudo AES/EBU.

O Inicio de tudo…
Cheguei na cidade do rock na sexta dia 11/09, o tempo neste dia era chuvoso, tudo muito molhado, por conta disto o trabalho de montagem geral estava um pouco atrasado, foram mais 4 dias de montagem sob chuva, subindo aquele pequeno PA  com 36 Vtx v25  e 15 vtx s28 ( L = Main ) e  15 vtx v-25 e 14 vtx s28 ( LL ou Side Hang ) por lado ,terminamos de içar e montar tudo , na segunda 14/09, com tudo já testado ainda com sinal Analógico.

Na terça 15/09 recebemos todos os componentes para fazer o sistema AES funcionar, uma DiGiCo SD7,os três SD racks, e as fibras. Dois SD racks foram posicionados no backstage um para cada lado do PA e um na House. Os do palco com as saídas AES e o da house com as entradas AES.

Depois de tudo montado testamos o sinal AES e o analógico ficou como backup foi a vez de montar o sub do chão, o Peter virou para mim e falou quero fazer um A/B com a montagem dos subs tradicional e o dipolar. Ai fomos montamos um lado no modo tradicional e o outro lado no modo Dipolar, alinhamos cada montagem respectivamente para cada PA. Chegou a hora de ouvir o resultado, não vou negar a voçes estava apreensivo mas confiante ( pois a ideia do dipolar foi minha). Ligamos o lado tradicional que era o lado LEFT, a galera da audição ceítica aprovou com um sonoro “ah tá legal” chegou a hora de ouvir o outro lado vamos mudar, relaxei quando ouvi“ Owww como assim?? É isso mesmo??? Acho que tem algo errado do lado Left” Risos.

Ficamos ali uns 30 minutos, cada um que chegava queria ouvir a diferença, quando tinha um número de pessoas suficiente para mover os subs, paramos com o teste e mudamos o lado Left para Dipolar também.

Realinhamos o sistema para ficar tudo igual e já estávamos prontos para a primeira passagem de som na quarta, que era a banda Rock in Rio 30 anos.

rir-palco-mundo-edit

Dia 01 primeiro Fim de Semana – Soundcheck

Quarta, no PA estava o Léo Garrido usando duas AVID Profiles, uma para a banda base e a outra para a banda convidada, No monitor o Marquinho Maluf perdendo mais um pouco de cabelo em uma Profile, equipamento fornecido pela Gabisom. Este primeiro dia foi somente passagem de som

Dia 02 primeiro Fim de Semana – Soundcheck

Já na Quinta tivemos a montagem do primeiro Headline do fim de semana, o Queen, todo o sistema era da Clair Global Europa, uma SD7 no PA, uma SD7 mais uma Pro 9 no monitor. Ainda na Quinta tivemos a montagem do One Republic que também trouxe seu material, e usava uma SD10 para cada posição e usou só a coluna banda*, usando só a coluna de dentro do palco e o sub, a coluna de voz ficou desligada.

* O sistema de PA do RIR é montado com 2 cluster de array lado a lado num esquema LL-L e R-RR o técnico ou gerente de sistema escolhe o que mandar em cada coluna, tipo vox numa e banda em outra ou todas colunas falando a mesma coisa.


Dia 03 primeiro Fim de Semana

Ai na sexta só tivemos a banda The Script que usou uma SD7 no PA e uma Vi6 no monitor, equipamento fornecido pela Gabisom.

Dia 03 primeiro Fim de Semana
No Sábado cheguei as 07:00am para atender o primeiro cliente do dia, Mister Big Mick, com o Metallica, o pessoal do PA já foi chegando e antes mesmo de ouvirem o sistema já queriam que mudassem o sub, porque tinham ali uma situação de posicionamento do microfone do vocalista que seria prejudicado, conversa vai conversa vem conseguimos que eles ouvissem primeiro, o resultado foi bom, e enão precisei mudar o sub, só mover um pouco o front fill( bem mais fácil,risos). Ai chegou o chefe o próprio BIG Mick, olhou para as caixas de subs montadas em dipolar e meu deu logo um esporro, “ O que você acha que esta fazendo? Reinventando a roda? Eu posso fazer você mudar tudo isso!!! Mas por educação vou ouvir primeiro!!! “ tocou sua musica preferida, andou, voltou, falou no microfone e virou pra mim e só me olhou todo sério. Ai pediu para tocar o bumbo, Jesus, 120dB de Bumbo!!! Ai sim sorriu, no final do line/sound check agradeceu e falou que gostou muito de como estava o sistema.

Naquele dia ainda tivemos Motley Crue que trouxe uma SD7 para o PA, uma SD 7 e uma SD10 para o monitor. A Royal Blood usou uma Profile no PA e uma Pro2 no monitor e a Gojira usou uma Profile no PA e trouxeram uma X32 que é da banda para o monitor. No momento do show ouve uma parada no áudio, eu não estava mais na house porque meu turno acabava as 22hrs, mas segundo o Peter a superfície perdeu a comunicação com os DSPs no palco, isso ocasionou a interrupção de áudio.

Dia 04 primeiro Fim de Semana

Domingo, para mim foi o dia mais esperado do Rock in Rio 2015, primeiro cliente do dia Sir Elton John para atender e rever os amigos da produção dele, tudo Clair Global, PM5000 no PA, com vários analógicos de insert e uma mesa diferente no monitor, que eu não sei dizer o que seria, ele usava os conversores novos Behringer, e um software, não conseguir ver o que seria.
SAC Elton Jonh
** Pesquisando qual a console foi usada para fazer o monitor do Sir Elton John , na verdade era o software da RML Labs o Software Audio Console – SAC , e para o terror dos puristas que julgam consoles pelo PRÉ o sistema utilizava conversores ULTRAGAIN ADA8200 da Behringer e ai o que me dizem ? A superfície de controle era uma MACKIE MCU expandida – Informações e foto de Fernando Fortes

Próximo cliente do dia , operando o PA para o Seal, estava o Steve, grande amigo da tourné da Beyounce em 2013, usando uma SD7 no PA, com servidor Waves e mais algumas coisinhas externas, ele também usou só a coluna banda no sistema, no monitor foi usado uma Profile, sistema fornecido pela Gabisom.

Hora do mister Rod Stewart, foram os últimos a chegar, porque estavam vindo de um show em São Paulo, trouxeram quase tudo e como complemento, locaram da Gabisom duas SD7s somente as mesas, usadas uma no PA e outra no monitor junto com uma Digico D5.

Último cliente do dia Paralamas, usando uma Profile no PA e uma 5D no monitor.

Day Off
Opa segunda de folga para descansar e dormir ate acordar!!!

Terça começou cedo, eventos internos do Rock in Rio, tentativa de curso básico do Martin MLA que foi usado no palco Sunset. E mais um pouco de descanso!!!

Share

Filed Under: Entrevistas

Tags: , , , , , , , , , , ,

Leave a Reply




If you want a picture to show with your comment, go get a Gravatar.

*