Wireless Workbench 6 Guia Prático por Igor Del Ventura – Parte 1

Olá a todos os leitores do Gigplace!

Que tal trabalhar com mais segurança e comodidade, tendo certeza do que se está fazendo quando falamos de RF? Garanto que todo mundo já teve seus maus bocados ao trabalhar e configurar sistemas sem fio, mas acredito que este post lhes será muito útil para otimizar o desempenho dos sistemas sem fio, sejam eles monitores pessoais (in-ear) ou microfones sem fio (wireless).
Primeiramente gostaria de me apresentar. Meu nome é Igor Del Ventura Rodrigues e este é o meu primeiro post no blog Gigplace. Sou graduado em Engenharia de Telecomunicações em breve concluirei meu MBA em gestão empresarial. Trabalho como Gerente de desenvolvimento de Mercado da América Latina para a Shure Inc. Áudio é minha paixão desde criança. Sempre gostei muito de música, e de tudo o que é relacionado.
Sem mais delongas, vamos ao que nos interessa!
Existe um software gratuito, desenvolvido pela Shure que se chama Wireless Workbench 6. Leve e intuitivo, ele permite fazer várias coisas com sistemas sem fio e trabalha com sistemas Shure e de outros fabricantes. Este software encontra-se atualmente na versão 6. Neste LINK você pode baixa-lo. Há versões para Mac e Windows. Acho que se você trabalha com sistemas sem fio, é uma ferramenta praticamente obrigatória.
O software Workbench 6 é dividido em 4 seções principais: Inventory, Frequency Coordination e Monitor e Funções Avançadas. Na seção Inventory, da qual trata a primeira parte deste post, é possível fazer um inventário com todos os equipamentos que você esteja utilizando, independentemente da marca e do tipo. Podemos adicionar sistemas de microfone sem fio, monitor pessoal sem fio, rádios, intercoms, etc.

Inventory

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Vamos entender como invetariar todos os sistemas utilizados no stage e ou evento que você vai trabalhar. O primeiro passo e você relacionar todos os tipo de transmissores que serão utilizados no evento. Uma planilha será muito útil nesta fase do processo, nesta planilha você deve coletar os seguintes dados:

Quant. /Modelo/ Range de Frequencia/ Passo / Potencia / Localização / Responsável

Faça AQUI o download da planilha para levantamento de equipamentos
Com esses dados em mão você já pode dar entrada das informações no Workbench, informando todo o cenário que você pretende colocar para funcionar , depois da dar entrada nesses dados no Workbench podemos partir para a Coordenação de Frequências, mas bem isso nós falamos na semana que vem , até la pessoal

Igor Del Ventura
Gerente de Desenvolvimento de Mercado – América Latina, Shure Inc.

Share

Filed Under: Igor Del Ventura

Tags: , , , , , , , , ,

Leave a Reply




If you want a picture to show with your comment, go get a Gravatar.

*