A Roland lança a M-5000 para o mercado de Live

M5000 Front

A Roland visando o mercado de grandes eventos e shows acaba de lançar a M-5000 que recebeu o codinome O.H.R.C.A. que traduz a nova tecnologia aplicada no console:Open  High Resolution Configurable Architecture

Este novo conceito de arquitetura interna permite 128 caminhos de áudio que podem ser configurado livremente como canais, buses,  aux busses, subgrupo, matrizes, buses mix-minus, etc todo o seu processamento interno e feito a uma taxa de amostragem de 96kHz.

M5000 Arq

Clique para Ampliar

Existem muitos novos conceitos na M-5000 vamos revelar aqui um pouco do que a Roland apresenta em seu novo console.

Opções de  I / O

Além de duas portas REAC, protocolo proprietário da Roland, a M-5000 possui dois slots para cartões de expansão que suportam uma variada gama de protocolos de transporte de áudio, como Dante, MADI, Waves SoundGrid, mais portas REAC, bem como futuros formatos e funções.

O painel traseiro inclui 16 entradas × 16 saídas locais analógica, 4 × 4 AES / EBU, uma interface de áudio de 16 × 16 USB, conexão para o controle através de um iPad, ou computador conectado com ou sem fio e portas de controle, incluindo pedais, GP I / O, RS- 232C e MIDI. Toda essa capacitação permite que o console possa manipular até 300 entradas e 296 saídas, tudo a 96kHz e se baixarmos a resolução para 48kHz essa capacidade aumenta. Além disso, sistema de patch interno da console permite que qualquer entrada possa ser endereçada diretamente a qualquer tipo de saída ou saídas sem que ela seja endereçada por um canal essa característica é muito util para canais de comunicação interna, tielines e click tracks etc…

M5000 Back
A Seção de Mestre

Fluxo de trabalho flexível do M-5000 permite aos usuários adaptar as preferências para as  necessidades individuais de cada operador. A “tela de toque colorida, 28 faders de canal divididos em quatro grupos, botões e knobs multifuncionais, função TOUCH and TURN, além de uma seção que pode ser configurada ao gosto do usuário faz com que o operador crie sua própria superfície de trabalho que irá permitir que o usuário execute a sua mix de forma rápida e precisa. Os visores dos canais e saídas usam a mesma tecnologia do visor principal e podem ser codificado por cores para mostrar visualmente aonde o usuários esta mexendo. Uma das seções pode ser totalmente configurada pelo usuário e composta de quatro codificadores e oito botões em 3 bancos fornece acesso rápido as funções essenciais.

M5000 USER

 

Routing & Mixing

A conversão em 96 kHz junto com os prés que estão embutidos na console junto com a extensa linha de conversores já consagrados pela Roland garantem a mais alta qualidade sonora do sistema M-5000.

Uma das novidades que vai agradar a muitos usuários e que um único canal de mistura pode ter três entradas atribuídas: O canal normal, um de backup para troca instantânea, e um para a reprodução / gravação. Cada canal também inclui PEQs de  4 bandas, dois processadores de dinâmica, que podem ser pré ou pós EQ, delay, e muito mais. A Roland M-5000 possui 8 processadores multiefeito estéreo com uma série de efeitos poderosos, incluindo efeitos antigos clássicos da marca Roland, bem como alguns clássicos efeitos  de pedal da linha BOSS. 32 equalizadores gráficos de  31-bandas (ou EQs paramétricos de 8 Bandas)  os tipos de equalizadores pode ser usado ao mesmo tempo e não fazem parte da dotação de DSP destinado aos processadores de efeitos.

A saída principal da console suporta 5.1, LCR, LR, as opções de panning surround e estéreo downmix também estão disponíveis na configuração do mixer.

Para saber mais sobre a M-5000 ROLAND CLIQUE AQUI

 Contacte um fornecedor Roland para detalhes de preços.

Share

Filed Under: Noticias

Tags: , , , , , ,

Leave a Reply




If you want a picture to show with your comment, go get a Gravatar.

*