Vari-Lite – ShowCo Direto do Tunel do Tempo

Pré-história dos Moving Lights

A história das Vari-Lites teve seu começo no final da década de 1960 quando os amigos de faculdade Jack Calmes e Rusty Brutsche começaram a tocar juntos numa banda de blues no Texas. Juntos eles construíram um sistema de PA para seus shows , rapidamente o grupo ficou famoso mais pela qualidade do som do PA, que do repertório da banda, tanto que os convites para alugar o sistema de som superavam os convites para a banda tocar.

Em março de 1970 Calmes e Brutsche, juntamente com o engenheiro de som Jack Maxson, fundaram a  Showco com o proposito do aluguel de equipamentos de PA para as bandas e shows de rock locais. No inicio a Showco só tinha dois pequenos sistemas e dois caminhões que ficavam na garagem de Maxson.

 A empresa cresceu rapidamente tanto em tamanho quanto em reputação, em 1972 por causa dos pedidos dos seus cliente a Showco incorporou equipamentos de iluminação em seu inventário, com um mercado cuja a concorrência era acirrada, a empresa procurava meios de se manter no topo da preferência dos seus clientes. E rapidamente o equipamento de iluminação foi ficando ultrapassado, pois todos os investimentos de pesquisa eram para a área de áudio, o que consumia uma boa parte dos lucros da empresa e a Showco na época não via como investir em iluminação a menos que eles tivessem um equipamento que ninguém mais tivesse para concorrer com eles.

A necessidade é a mãe da invenção

A Showco tinha um departamento de desenvolvimento & Pesquisa muito atiivo, constantemente em busca de novas tecnologias para serem usadas na empresa.  A briga neste segmento de mercado era muito dura para se manter no topo. Muitas empresas estavam em busca de criar um novo tipo de color changer mais confiável e robusto. Várias ideias estavam sendo testadas, conceitos baseados em rodas de cores, semáforos  e scrollers de gelatina todas sem muito sucesso. A ideia dos Scroolers parecia ser a mais promissora porém as gelatinas da época queimavam e se rasgavam facilmente o que não dava confiabilidade aos sistemas baseados neste conceito.

Em 1980, um dos engenheiros da empresa Jim Bornhorst, pesquisando métodos para dar cor a fachos de luz, percebeu um CERTO efeito colateral dos filtros dicroicos, quando os inclinamos a frequência da luz que o filtro opera é alterada, o que causa uma mudança na cor do facho de luz. Isso poderia ser uma simples observação. Se num churrasco, o outono de 1980 outros engenheiros de brincadeira sugerisse colocarbulbezt um “motor” para fazer vários filtros pré inclinados girarem na frente da lãmpada  e com isso dar cor aos fachos de luz. Este momento de brainstorm foi o que gerou o conceito do moving light moderno, um sistema robótico de iluminação. O conceito coincidiu com o recente lançamento no mercado pela General Eletric da lâmpada projetora de alta potencia a Marc 350 , o conceito saiu do papel depois de 12 semanas de trabalho árduo que fez nascer um dos primeiros protótipos que se tornou o produto VL-Zero a primeira Vari-Lite.

Saiba mais CLIQUE AQUI.

Algum tempo mais tarde a Showco foi incorporado pela Clayr Broters mas isto já é outra história…

Share

Filed Under: Artigos

Tags: , , , , ,

Leave a Reply




If you want a picture to show with your comment, go get a Gravatar.

*