Me#da$ acontecem ….

De vez em quando pipocam no Facebook e outras redes sociais videos de acidentes com choque elétrico alguns deles inclusive com mortes, muita comoção e comentários sobre o uso de EPI’s e normas técnicas ocorrem, mas na pratica depois de um tempo tudo volta a ser como antes no mundo perfeito do mercado do entretenimento brasileiro
Mas para aqueles que quiserem se especializar no nicho de segurança do trabalho leiam este excelente texto do Elisei, pinçado do Facebook que dá o caminho das pedras.

 0

As NR (Normas Regulamentadoras de Segurança e Saúde no Trabalho) NÃO são normas técnicas, elas orientam os procedimentos seguros para execução do trabalho e são embasadas em várias normas técnicas (ABNT – NBR – IEC, etc).

As normas técnicas são recomendações de execução de cunho técnico. São elas que definem como determinado produto deve ser construído e utilizado ou como um serviço deve ser executado para que um determinado resultado seja alcançado.

A relação entre elas é óbvia. Se existe uma recomendação técnica de execução por uma norma técnica é necessário um procedimento seguro para aplicá-la, aí entra a NR. E é claro que se faz necessário o conhecimento básico da norma técnica para que a NR seja seguida corretamente, este é o escopo do curso.

Algumas normas técnicas também sugerem procedimentos seguros de operação, a NBR-5410, que trata das instalações elétricas de baixa tensão, por exemplo, define a qualificação técnica necessária para se trabalhar com produtos e serviços desta natureza. É importante mencionar que fazer um curso de NR10 não garante um grau BA5 definido pela 5410, ou seja, o sujeito não está apto a realizar projetos ou executá-los de forma plena. Somente profissionais com registro no CREA a possui.

No entanto, um curso de NR10, dá a qualificação BA4, que permite o profissional entender os riscos envolvidos no trabalho e executar projetos sob orientação de um profissional BA5. Enfim, a presença de um engenheiro ou técnico eletricista no processo ainda se faz necessário, seja de forma presencial (de preferência) ou remota.

Quem deve ter o curso?

As pessoas que montam e executam um projeto prévio.
Operadores não precisam ter o curso. No entanto, ao meu ver, conhecimento nunca é demais, e como as funções dos profissionais do show business não são muito bem definidas o curso acaba sendo necessário para todos.
Vejam, o simples fato de insertar um plugue numa mesa de som é visto como uma instalação elétrica e se isto for feito de forma profissional no sentido literal da palavra, é necessário qualificação técnica adequada para tal.

Passando a régua. Se formos analisar a natureza do nosso trabalho, as seguintes NRs estão envolvidas:

NR1: Disposições Gerais
NR2: Inspeção Prévia
NR3: Embargo ou Interdição
NR5: Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
NR6: Equipamentos de Proteção Individual – EPI
NR28: Fiscalização e Penalidades

Estas citadas acima, para mim, as mais importantes.

NR8: Edificações
NR10: Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade
NR11: Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais
NR12: Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos
NR17: Ergonomia
NR19: Explosivos
NR21: Trabalho a Céu Aberto
NR23: Proteção Contra Incêndios
NR24: Condições Sanitárias e de Conforto nos Locais de Trabalho
NR26: Sinalização de Segurança
NR33: Segurança e Saúde no Trabalho em Espaços Confinados
NR35: Trabalho em Altura.

Vejam que é praticamente impossível uma só pessoa deter todo este conhecimento e aplicá-lo de forma pertinente. Logo, para a coisa acontecer como deve é preciso rever todo o mercado e sua cadeia de eventos.

 CLIQUE AQUI e veja o triste resultado da não obediência de normas técnicas e uso de equipamento de segurança.
  CUIDADO CENAS FORTES

Abraço a todos.

 


Elisei Avatar

     Henrique Elisei
   Engenheiro Eletrico

Share

Filed Under: ArtigosSaúde

Tags: , , , , , , , , , , ,

Leave a Reply




If you want a picture to show with your comment, go get a Gravatar.

*