Review Roland V-Mixer M-480 por Renato Muñoz

Seguindo a filosofia V-Mixing, baseado no sistema REAC (Roland Ethernet Audio Communication) que tem como ponto principal a comunicação entre diversos equipamentos, a Roland acabou de lançar o modelo M-480 que vem na sequência da M-400 e apresenta boas novas para o mercado.

O protocolo REAC, permite a transmissão de áudio digital de grande qualidade, utilizando apenas um cabo Cat5/6, o que facilita e muito seu transporte, instalação e operação, principalmente quando falamos de grandes distâncias.

Na minha opinião, podemos considerar a M-480 um equipamento de médio porte, pela sua estrutura física, boa distribuição e visualização (a tela tem um ótimo tamanho em comparação com algumas concorrentes diretas) das suas funções inspira bastante confiança no produto.

A console suporta 48 canais de entrada (podendo trabalhar com até 96 se ligada em cascata a outra console), quando trabalhamos com esta configuração, todas as entradas e saídas das duas consoles podem ser configuradas tanto na primeira quanto na segunda mesa.

A M-480 possui 08 entradas e saídas (XLR) diretas em sua superfície e para que possamos trabalhar com mais canais de entrada e de saída, teremos que utilizar o Digital Snake.          CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR


Ao contrário de outros a Roland trabalha com o conceito de Snakes, como por exemplo o modelo: S-4000S-3208 (32 entradas e 08 saídas) ao invés de placas de áudio, porém todo o processamento é feito dentro da console.

Pela necessidade deste tipo de complemento, quando trabalhamos com sistemas fixos, podemos checar as reais funções da console que utilizaremos e só então montar o sistema com o necessário para tal função, o que evita de termos mesas superdimensionadas exercendo funções muito abaixo de suas reais capacidades.

Com mais capacidade de processamento do que sua antecessora, a M-480 tem nítidas vantagens, como um excelente equalizador nos canais de entrada que nos permite ter opções como:

– Nas pontas:

Lf e Hf: Low e Hi Shelf Filter, Low e Hi Pass Filter de 6 ou 12 dB, Peak, Band Pass ou Notch

– Nos médios:

Peak, Band Pass ou Notch


Além do equalizador, encontramos também, compressores, gates e delays nos canais de entrada, todos com uma boa sonoridade que não deixam nada a desejar em relação aos concorrentes.


O sistema de cores adotados pela Roland para identificar as diferentes funções dos equipamentos internos, é uma outra grande vantagem da console, pois facilita muito a visualização dos seus processadores internos.


A sua configuração interna é muito simples, tanto nos patchs de entrada quanto nos de saída, assim como o endereçamento para DCAs, matrix, auxiliares ou mutes.

Além do seu software de gerenciamento ser muito intuitivo e de fácil operação, podemos também ligar um computador a console, desta maneira podemos ver na tela do computador, exatamente o que aparece na tela da console (na maioria das concorrentes, visualmente o que aparece na tela da console não é o mesmo que aparece na tela do computador) este detalhe ajuda bastante na questão operacional.


Os processadores de efeitos internos se aproveitam da maior capacidade de processamento da console e produzem uma resolução sonora muito boa, principalmente os que simulam os conhecidos Space Echo RE201, SDE 3000 e o SRV 2000.

Utilizando a M-480, temos 3 formatos de gravação de áudio que podem ser aplicados de maneiras diferentes, dependendo das nossas necessidades.

O primeiro e mais simples é utilizando um Pen Drive, onde endereçamos duas saídas da console para o gravador interno que existe nela, podendo gravar direto neste Pen Drive. Com a mesma facilidade, podemos reproduzir algo que esteja gravado em um Pen Drive, através deste mesmo gravador / reprodutor.


A segunda é utilizando um computador externo que possua o software Sonar Producer, com este formato podemos gravar 40 canais de áudio sem a necessidade de interfaces, a conexão é simples e direta.


A terceira e mais interessante, é utilizando o gravador dedicado R-1000, que permite a gravação de até 48 canais de áudio individuais no formato BWF, com uma resolução de 24 Bits e 44.1 ou 48 Khz, ou 24 canais com uma resolução de 24 Bits em 96 Khz. O áudio é gravado diretamente em um HD removível o que facilita muito quando trabalhamos com outros equipamentos na pós produção.


Esta última opção de gravação possui duas vantagens significativas:

A primeira é que a conexão entre a M-480 e o R-1000 é feita através do sistema REAC, como já foi dito, possui uma grande qualidade sonora e é muito simples de ser instalado e configurado.


A segunda e mais importante é que com este formato de gravação podemos realizar o Virtual Soundcheck, ou seja, todos os canais de áudio que foram gravados separadamente da mesa para o R-1000, também podem ser ouvidos através da mesa no sentido inverso.

Isto pode ser muito útil durante uma passagem de som, pois podemos trabalhar todos os canais individualmente, sem a necessidade da banda estar presente, o que facilita e agiliza muito nosso trabalho.

Mesmo sendo uma console de porte médio, ela vem sendo utilizada para grandes aplicações ao vivo, tanto no PA quanto no monitor, sendo com uma ou duas consoles, utilizando o modo cascata.


Como a sua operação é bastante intuitiva, não existe a necessidade de muito tempo de treinamento para se chegar a um bom resultado trabalhando com a console, o que pode facilitar muito a utilização por técnicos menos experientes.

É um equipamento que inspira bastante confiança, com uma excelente qualidade sonora e operacional, que certamente veio para brigar forte com seus concorrentes diretos e ainda possui a qualidade reconhecida dos produtos Roland.


Renato Muñoz é membro do GIGPLACE, intrutor do IATEC, técnico de gravação e PA. Trabalha atualmento como técnico de PA do SKANK

Links Interessantes: ROLAND

As opinioões citadas neste review são as impressões pessoais do nosso colaborador, a GIGPLACE não opina nem indica equipamentos, este site somente leva as informações do mercado e de seus colaboradores a seus leitores e seguidores.

Share

Filed Under: NovidadesReviews

Tags: , , , , , ,

Leave a Reply




If you want a picture to show with your comment, go get a Gravatar.

*